1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Minha Casa Minha Vida – Como Encaminhar o seu Financiamento

O programa Minha Casa Minha vida é um programa de financiamento habitacional criado em 2009 pelo governo Lula. Além de possibilitar que famílias de baixa renda consigam ter acesso a financiamentos, o programa ainda proporciona condições facilitadas ao financiamento, como subsídio de parte do valor do imóvel, maiores prazos de pagamento e juros mais baixos do que os oferecidos normalmente no mercado financeiro.

Anúncios

Todas essas vantagens foram pensadas a fim de revolucionar a situação de moradia de milhões de brasileiros, que até o momento não tinham condições de arcar com os custos de uma casa própria.

Desde a sua criação, em 2009, o programa Minha Casa Minha Vida já conseguiu viabilizar que mais de 4 milhões de famílias de baixa renda conseguissem adquirir sua casa própria, através da facilitação nas condições de compra e contratação de financiamento.

Anúncios

Em 2020, o governo Bolsonaro lançou o programa Casa Verde e Amarela, desenvolvido com o intuito de substituir o Minha Casa Minha Vida, que conta com o mesmo objetivo, mas com algumas reformulações estruturais.

Por mais que grande parte do programa Minha Casa Minha Vida já tenha sido extinto, e dado lugar ao novo programa habitacional, ele ainda está ativo em alguns casos. Segundo o site da Caixa, famílias que encontram-se na faixa 1, isto é, que possuem renda mensal per capita de até R$1.800 ainda podem ter acesso ao antigo programa habitacional.

Famílias que encontram-se nesta faixa, recebem um subsídio do governo, que pode chegar a 90% do valor do imóvel, e o valor restante pode ser financiado em até 120 meses, em parcelas que não poderão ultrapassar 15% da renda familiar per capita.

Portanto, os imóveis destinados a essa faixa, não poderão ultrapassar o valor de 96 mil reais no total. No caso das parcelas do financiamento, elas poderão variar entre 80 e 270 reais, e o seu valor máximo irá depender da renda total da sua família.

Portanto, se você faz parte dessa faixa, siga lendo e entenda quais são os requisitos para participar do programa, quais os documentos necessários e como solicitar a contratação do seu financiamento.

Requisitos para participar do Minha Casa Minha Vida

Além de estar na faixa de renda, também são exigidos outros requisitos, como não possuir casa própria ou financiamento de imóveis no seu nome, não ter participado de nenhum outro programa habitacional social do governo federal, municipal ou estadual, e ser capaz de comprovar a renda per capita da sua família.

Documentos necessários para participar do Minha Casa Minha Vida

Para solicitar a inclusão da sua família no programa Minha Casa Minha Vida, é necessário que você separe todos os seus documentos, e se encaminhe até o local onde realizará a sua solicitação. Confira a seguir os documentos que você precisará levar:

  • Seu documento de identidade oficial com foto
  • Seu CPF
  • Seu comprovante de estado civil
  • Um comprovante de residência atual
  • Comprovante de renda atual
  • Declaração de Imposto de Renda ou Declaração de Isenção, se for o caso
  • Ficha de cadastro habitacional

Como encaminhar o seu financiamento pelo Minha Casa Minha Vida

Munido de todos os documentos citados acima, é necessário que você se encaminhe até a prefeitura da sua cidade, ou até a Secretaria de Habitação, a fim de realizar a sua inscrição no programa.

Com o seu cadastro realizado, e os documentos entregues, a prefeitura da sua cidade realizará uma análise da sua solicitação e dos seus documentos, a fim de avaliar se você e sua família cumprem os requisitos necessários para participação no programa.

Se estiver tudo certo, a prefeitura seleciona as famílias que serão beneficiadas pelo programa, e encaminha as suas documentações para a Caixa Econômica Federal.

A Caixa, por sua vez, irá avaliar e validar a solicitação. Se estiver tudo certo, você será contatado, e informado sobre a data do sorteio dos imóveis, além de outras informações sobre como prosseguir, e quando você deverá se encaminhar até uma agência da Caixa, para assinar o contrato.

É importante que você saiba, que a pessoa que realizou a contratação do financiamento é a responsável familiar, portanto ela também deverá ser responsável por entregar o restante das documentações, do restante dos membros da família.

Comente (será moderado)