1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016

O Projeto Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016 é uma continuidade da iniciativa do Governo Federal que já beneficiou milhares de famílias em todo o Brasil e que irá beneficiar muitas famílias que vivem em Contagem MG.

Objetivo Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016

Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016

Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016 (Foto: Divulgação)

O objetivo do Minha Casa Minha Vida é justamente diminuir o déficit habitacional no país, assim como, gerar emprego e movimentar a economia. O projeto  beneficia as famílias carentes através da facilitação do acesso a moradia própria.

As famílias beneficiadas possuem renda de até 10 salários mínimos distribuídas em três faixas: de zero a três salários mínimos; de três a seis e de seis a dez salários mínimos, com prazo de quitação de 10 anos e comprometimento de no máximo 10% da renda. A prestação mínima é de R$ 50 e as regras só valem para imóveis novos na planta ou em construção.

Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016

Para os interessados em fazer a inscrição do programa Minha Casa Minha Vida em Contagem – MG devem se dirigir até a agência da Caixa Econômica Federal de Contagem no endereço: Av. João César de Oliveira, 3397.

Documentos Necessários para a Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016

Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016

Inscrição Minha Casa Minha Vida Contagem MG 2016. Imagem:divulgação

– Original e Cópia do RG e CPF;

– Original e Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento (Se for casado) ou da Certidão de casamento averbada se for divorciado;

– Comprovante de renda com os 6 holerites mais recentes;

– Carteira de Trabalho;

– Extrato do FGTS;

– Declaração do Imposto de Renda;

– Ficha do cadastro habitacional

– Comprovante de residência atualizado, (agua, luz ou telefone) pago nos Últimos 3 meses.

A seleção dos sorteados é rigorosa. Ou seja, o programa deverá atender, prioritariamente, aqueles que têm a renda dentro dos padrões do projeto. Além disso, os candidatos devem também residir, no mínimo, há três anos no município e estar em áreas de risco.