1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...

Como vai funcionar o programa Casa Verde e Amarela

O Minha Casa Minha Vida foi substituído pelo Casa Verde e Amarela, se mantendo um programa habitacional voltado para a família brasileira mais pobre. O novo programa foi anunciado no ano passado, mas somente em janeiro foi sancionado pelo atual presidente e desde então, o governo em parceria com os estados e municípios está tomando todas as providências para que o programa comece a funcionar o quanto antes.

Anúncios

Através do Casa Verde e Amarela, as famílias brasileiras vão ter novas oportunidades para obter a casa própria, além de poderem fazer melhorias em suas residências. A seguir, entenda melhor como vai funcionar o Casa Verde e Amarela.

Casa Verde e Amarela: como vai funcionar?

O substituto do Minha Casa Minha Vida chega com várias novidades e mudanças. O financiamento funcionará da mesma forma que os cidadãos já estão acostumados: pela prefeitura e pela Caixa, mas agora, uma das novidades é que o crédito imobiliário será obtido através do Caixa TEM e as famílias ainda vão poder usar o PIX para agilizar as transações.

Anúncios

Só que o novo programa traz algumas iniciativas que antes não estavam presentes, como a possibilidade de financiar imóvel usado, e também uma medida que irá contemplar até mesmo as famílias que já possuem seu imóvel próprio.

Casa Verde e Amarela: novos grupos de renda

O Casa Verde e Amarela está um pouco diferente do antigo programa habitacional e apesar de ser mudanças pequenas, elas são muito importantes. A faixa de renda é o principal requisito para obter o financiamento habitacional e por isso é fundamental que todas as famílias estejam cientes dos grupos e da renda máxima para ser contemplado.

O novo programa alterou os grupos de renda que conhecíamos e agora eles estão da seguinte maneira:

– Grupo 1: famílias com renda mensal de até R$2 mil ou de até R$2,6 mil (para regiões Norte e Nordeste);

– Grupo 2: famílias com renda mensal de até R$4 mil;

– Grupo 3: famílias com renda mensal de até R$7 mil.

Casa Verde e Amarela: financiamento e melhorias habitacionais

Há novidades também em relação ao financiamento habitacional, como a possibilidade de usar o crédito para financiar um imóvel usado. Isso não era possível com o Minha Casa Minha Vida, mas agora todas as famílias que quiserem, vão poder comprar um imóvel usado. Para isso, é claro, o imóvel deverá ter toda uma documentação específica. Outra novidade sobre o financiamento é que agora todos os grupos de renda vão pagar taxas de juros, e as condições mais especiais serão para as famílias das regiões Norte e Nordeste.

O novo programa também atuará agora no âmbito de reformas habitacionais, realizando melhorias em residências de famílias com uma renda mensal de até R$2 mil.

Casa Verde e Amarela: como se inscrever?

Para participar do novo programa, é preciso aguardar as instruções da prefeitura do seu município ou do órgão responsável. Assim que os primeiros financiamentos começarem a acontecer, já será possível também ir até a Caixa para solicitar o seu.

Comente (será moderado)